C%25C3%25B3pia%2520de%2520site%2520nea%2

Perguntas frequentes

1. O que é o NEA?

O NEA é uma associação civil sem fins lucrativos que atua em favor da promoção da arbitragem e demais ADRs no Norte do Brasil, buscamos incentivar o desenvolvimento de uma infraestrutura jurídica e jurisdicional que garanta uma maior atratividade e eficiência para o empresariado.

Para atingir esse fim, o NEA realiza ciclos de palestras, congressos, workshops, promove programas de mentoria para equipes nortistas, organiza competições e apoia diversos eventos ao longo do país.

A associação sempre faz aquilo que a comunidade arbitralista do Norte precisa para o seu desenvolvimento.

2. Quem pode se associar ao NEA?

Qualquer profissional ou acadêmico que tenha interesse e possa contribuir para a promoção e difusão da arbitragem. Estatutariamente, os membros do NEA podem ser pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que estejam comprometidas à arbitragem e a mecanismos de solução de controvérsias, independentemente de vínculo com uma equipe de competição de uma universidade ou escritório de advocacia.

3. Não sou do Direito, posso participar?

Sim. O mercado da arbitragem (cujo fomento direcionado à Região Norte figura como uma das atividades institucionais do NEA) engloba diversos setores profissionais.

No I Congresso Norte de Arbitragem organizado e promovido pelo NEA, tivemos o patrocínio do escritório, com excelência de atuação em perícias, Simonaggio – Certeza Técnica. Além disso, tivemos o apoio, enquanto instituições parceiras na realização do congresso, da Federação do Comércio do Amazonas (FECOMERCIO) e do Conselho Regional de Administração (CRA), o que demonstra que a arbitragem está em voga no mercado não apenas na área jurídica.

Portanto, não ser da área do direito não é um empecilho para o seu pedido de associação ao NEA. Pelo contrário, isso pode ser um diferencial.

4. Não sou da Região Norte, posso me associar ao NEA?

Sim. As atividades de associado ao Núcleo não pressupõem o seu domicílio no Norte do país e os benefícios enquanto associado podem ser usufruídos independente do fator localização.

O fato da atividade primordial do NEA ser a promoção da arbitragem no Norte do país não impede que eventuais associados de outras localidades façam parte desse processo e desse ideal.
O auxílio na promoção da arbitragem no Norte do país é benéfico para o cenário nacional como um todo e pode ser benéfica, especialmente, para você.

Atualmente, além dos associados residentes e domiciliados em Manaus, Estado do Amazonas, possuímos associados nas cidades de São Paulo, Recife, Florianópolis e até mesmo em Paris.
Logo, além de sua imersão no fomento à arbitragem no mercado do Norte, é fato que sua associação ao NEA pode abrir portas para a imersão no próprio mercado da arbitragem a nível nacional. Aliás, este é o nosso ideal.

Sinta-se à vontade para fazer parte do fomento à arbitragem ao Norte do País e, também, da criação de vínculos ainda maiores deste mercado com o mercado nacional da arbitragem.

5. Que vantagens terei no NEA?

Os associados do NEA possuem desconto, cortesia ou preferência nos eventos promovidos pela associação e naqueles que ela apoia, que em geral são eventos voltados para arbitragem, mas de temas diversos, sendo interessantes tanto para acadêmicos quanto para os profissionais.

Além do mais, as atividades da associação sempre são lugares muito frutíferos para o networking com profissionais de fora e de dentro da região. Ao longo dos anos de atividade, já contamos com mais de 40 profissionais convidados, palestrantes, patrocinadores e apoiadores, todos com um perfil de renomada aprovação no mercado nacional, tendo os associados sempre a oportunidade de trocar experiência e conhecê-los.

Os associados poderão participar diretamente dos grupos de pesquisa da associação, contribuindo para o desenvolvimento acadêmico da região.

Poderão, ainda, receber atribuições para executarem diretamente projetos e eventos, caso tenham interesse e disponibilidade para isso. Dessa forma, poderão acumular uma grande experiência com as atividades promovidas pela associação.

Por fim, aqueles que já possuem experiência em competições de arbitragem poderão participar do Programa de Mentoria do NEA, auxiliando equipes da região a se prepararem para as competições de arbitragem e contribuindo diretamente para o desenvolvimento profissional da comunidade arbitralista.

6. O NEA cobra taxa de anuidade?

Sim. Como uma associação sem fins lucrativos, o NEA depende do pagamento de anuidades para manutenção de suas atividades administrativas e realização de seus objetivos.

Conforme a Resolução n. 01/2020 da Diretoria Executiva, nesse último ano, o valor da anuidade foi fixada em R$ 80,00 (oitenta reais) para graduandos e R$ 120,00 (cento e vinte reais) para graduados. No caso de pagamento após o prazo, a anuidade subiria para R$ 120,00 (cento e vinte reais) e R$ 140,00 (cento e quarenta reais), respectivamente.

A taxa anual é informada com meses de antecedência, sendo possível a aplicação de penalidades aos inadimplentes, como, por exemplo, o seu afastamento de projetos e atividades da associação.
Os associados estão isentos do pagamento de anuidade no primeiro ano no núcleo.

7. Há reuniões frequentes?

Não. O NEA possui mecanismos eficazes para transmitir informações entre os associados, contudo, a depender da relevância da pauta, podem ser marcadas reuniões presenciais, ou por vídeo conferência, para a discussão do tema